segunda-feira, 14 de junho de 2010

Jorge

17 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o Jorge Antonio, lateral direito, se nao me engano já faleceu.

Anônimo disse...

Campeao em 1946. Jorge, Touguinha e Sanguinetti formaram a linha media.

Anônimo disse...

não lembro

Anônimo disse...

CFalta o Jorge Tabajara. Albeneir centroavante

Anônimo disse...

Este Jorge não é o de 1946. Naquele tempo a camiseta era um pouco diferente.

Anônimo disse...

Não é o de 46, esse cara jogou na década de 90, depois se nao me engano foi jogar nos macacos.
Ouvi falar mesmo que faleceu.

Anônimo disse...

jogou tambem no inter, 94 acho, no flamengo e no santa cruz-rs

Don Daniel disse...

Jorge Antonio, jogou depois no Inter.

Mário Felizardo disse...

Joguei com ele... ele nasceu em 1970, eu 1969. fez carreira no Flamengo, conhecido como Jorge Antônio.
Mário Felizardo

Anônimo disse...

Alguem sabe alguma notícia sobre o Jorge lateral do Grêmio campeão em 1946?

Juliana disse...

Esse jogador Jorge Antonio jogou na década de 90 no Grêmio e no Inter.É meu irmao,faleceu em 2006,aos 36 anos,infelizmente.

Marlos disse...

Joguei com ele no Guarani de Venâncio Aires ... Era meu parceiro de quarto no hotel da cidade ... Gente boa demais ... jogou no Inter, Flamengo e palmeiras ... Falece muito novo
Marlos

Anônimo disse...

Lembro do Jorge Antônio...do que ele morreu?

Anônimo disse...

Quem daqui desse grupo jogou com ele no Guarani de Venâncio? Como o tempo passa, minha gente!

Unknown disse...

Teve um ataque cardíaco jogando conosco uma pelada na smov. Próximo do Barra shopping de Porto Alegre. Levamos para o atendimento em um Postão, lá foi reanimado porém teve graves seqüelas e ficou vegetando durante três anos após falecer. Tamanho foi nossa tristeza. Uma pessoa incrível. Caridosa e amorosa. Eternas saudades amigo...

Unknown disse...

Meu querido amado filho, Jorge Antonio,nascido em 21 de maio de 1970, falecido em 21 de abril de 2006. Saudade eterna, de tua Mãe que te ama eternamente. Eugenia

Unknown disse...

Nunca esquecerei as duas vezes em que me convidou pra correr com ele no bairro,minha felicidade de correr com um jogador profissional 😀 humilde e sempre com sorriso no rosto. Eu e a gurizada da rua o admiravamos muito. Saudades Maninho!