segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Alcindo

Foto enviada por Paulo Ricardo Abade Montenegro

11 comentários:

Anônimo disse...

18/03/2008 - 10h21m

Há 30 anos, Alcindo encerrava carreira

Jogador é o maior artilheiro da história do Grêmio, com 636 gols


Há 30 anos, o centroavante Alcindo, do Grêmio, fazia sua partida de despedida dos gramados. O maior artilheiro da história dos Gre-Nais, com 13 gols, marcou, de pênalti, o primeiro na vitória de 6 a 1 da equipe tricolor em uma equipe da Associação dos Profissionais. A curiosidade é que o jogador que derrubou Alcindo foi Luiz Felipe Scolari, técnico da seleção portuguesa.

– É engraçado, mas quando ele vem aqui a gente conversa, mas não tocamos muito no assunto desse pênalti. Ele é bastante assediado, eu também. Então quase não tocamos no assunto – revela o ex-atacante.

Alcindo Martha de Freitas nasceu no dia 31 de março de 1945, em Sapucaia do Sul, no Rio Grande do Sul. Atuou Grêmio de 1964 a 1971 e em 1977. Foi pentacampeão gaúcho: 1964/65/66/67 e 1968. Em 1977, já no final de carreira, conseguiu mais um título estadual. É o maior artilheiro da história do Grêmio, com 636 gols.

– O clube me passou essa marca, mas a federação passou outra. As informações estão desencontradas, mas foram muitos gols, sim – disse Alcindo, por telefone.

— Hoje em dia 1 a 0 é goleada. Treinador não quer perder o emprego. Se dá 0 a 0 ele está satisfeito — critica.

Alcindo começou a carreira nas categorias de base do Inter, em 1958, passou também pelo Santos, de 1971 a 1973, por Jalisco de Guadalajara, América-Mex e Francana, de Franca-SP, onde parou em 1979. Participou da seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra. O ex-centroavante mora em Porto Alegre e trabalha na revelação de jogadores na escolhinha Social Futebol Clube.

– Eu joguei com os melhores. Treinei com os melhores. Tem coisas que eu passo para essa gurizada que eles nem entendem. Tento fazer com eles o que eu não tive, que é um acompanhamento mais de perto – lembra o craque

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Gremio/0,,MUL354817-4411,00.html

Artur W. disse...

Alcindo, o Bugre
Este é lenda.
Em 77 voltou ao Grêmio e fez um gol memorável em Grenal, um dos momentos mais emocionantes da história do Grêmio.
É um dos que deveria ter uma estátua no Olímpico

Anônimo disse...

maior artilheiro em grenal, quem é gremista e nao conhece o bugre xucro, volte p/primeira pagina da cartilha.

Anônimo disse...

quem nao conhece o bugre alcindo, bom gremista nao é....

Anônimo disse...

O Bugre

jotaele disse...

O alcindo era uma baita centroavante, de mão-cheia. Jogou muito. Foi para o copa do mundo em 1966, mas não jogou. Era uma família de jogadores. O mais velho era centromédio, o Kim, que jogou muitos anos no Aymoré de São Leopoldo. o outro era aacante, o Alfeu, que também jogou no Aymoré e no Inter. O grande mesmo foi o Alcindo, o mais novo.

Anônimo disse...

lenda viva... bugre chucro foi um dos melhores jogadores do gremio de todos os tempos!!! Quando a seleção da uniao sovietica veio jogar no olimpico contra o gremio, nas preparações da copa, o gremio bateu com 2 gols dele. O goleiro milagroso "aranha negra", nem viu a batada dele de fora da área. Tinha o chute mais forte de todos os atacantes. Foi dito por pele como um dos melhores atacantes de todos os tempos.

Anônimo disse...

Além de bugre chucro, tem dois outros apelidos que o definem bem: Alcindo o gol, Alcindo o galo com esporão. Tá faltando o Alcino, centroavante grandão que veio do remo. E marcou um gol de costas, quando bateram o tiro de meta e a bola bateu nele e entrou.

REGIS disse...

Sou tricolor, mas aqui há duas citações que o Alcindo é o maior goleador de grenais. No site oficial do coirmão? diz que o Carlitos foi o maior goleador de grenais com 42 gols.

Anônimo disse...

Era 9 légitimo sem comentarios sempre lembrado cara

Daniel disse...

Tive o prazer de conhece-lo em uma janta do consulado gremista na minha cidade.
Ao pedir pra assinar as costas da minha camisa, junto com os outros autógrafos, ele a virou e disse que no manto tricolor tem que ser no peito, junto ao coração. Daí, quem era eu pra dizer o contrário perante um mito desses..hehe.
Grande jogador e pessoa!!
Adorava jogar grenal pra cagar as colorida a pau...