segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Vagner Mancini

12 comentários:

Anônimo disse...

FONTE http://www.netvasco.com.br/news/noticias15/73233.shtml

Anônimo disse...

Grêmio acerta contratação de Vágner Mancini

Sexta, 30 de novembro de 2007

Após especulações de que Paulo Autuori seria um dos favoritos da diretoria para assumir o comando do Grêmio na vaga de Mano Menezes, o time gaúcho acertou, nesta sexta-feira, a contratação de Vágner Mancini. Ex-jogador do clube, ele acertou salários e será anunciado após o confronto com o Corinthians, no domingo.

Ex-jogador do clube, Mancini foi campeão da Copa Libertadores da América e vice mundial, em 1995. Como técnico, ele foi campeão da Copa do Brasil dirigindo o Paulista de Jundiaí, em 2005. Seu perfil é de um profissional jovem no futebol e com desafios pela frente.

Depois que deixou o Paulista, a equipe despencou e foi rebaixada para a Série C do Campeonato Brasileiro nesta temporada. O treinador estava trabalhando nos Emirados Árabes.

Mano Menezes fará, neste domingo, seu último jogo no comando do Grêmio, diante do Corinthians, no Estádio Olímpico. Enquanto os gaúchos ainda brigam pela vaga à próxima edição da Libertadores, os paulistas tentam evitar rebaixamento para Série B.

http://esportes.terra.com.br/futebol/brasileiro2007/interna/0,,OI2114696-EI8817,00.html

Anônimo disse...

14/02/2008 - 22h30
Grêmio demite o técnico Vágner Mancini, que sai invicto

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Vagner Mancini não é mais o técnico do Grêmio. A decisão foi comunicada pelo clube gaúcho por meio de um comunicado no site oficial. Segundo o aviso, Júlio Camargo comandará a equipe na partida deste domingo, contra a Ulbra, pelo Campeonato Gaúcho.

RETROSPECTO DE VÁGNER MANCINI

Grêmio 3 x 0 15 de Novembro
Sapucaiense-RS 1 x 1 Grêmio
Grêmio 1 x 0 Santa Cruz-RS
Caxias 2 x 2 Grêmio
Grêmio 2 x 0 Novo Hamburgo
Jaciara 0 x 1 Grêmio

Trazido pela diretoria do Oriente Médio com a missão de dar continuidade ao bom trabalho de mais de dois anos deixado pelo seu antecessor Mano Menezes, Vagner Mancini não convenceu no comando do clube gaúcho, apesar de estar invicto no Campeonato Estadual (três vitórias e dois empates).

O estopim para a demissão foi a fraco rendimento da equipe na partida contra o Jaciara, do Mato Grosso, pela Copa do Brasil. A vitória por 1 a 0 obrigou a realização da partida de volta.

Após a partida, o diretor de futebol do clube gaúcho, Paulo Pelaipe, deu indícios de que poderia demitir Mancini. "Fomos mal, fiquei insatisfeito. Poderíamos render mais, mas a atuação foi apática. Esse não é o Grêmio que conhecemos e queremos", reclamou o dirigente.

No dia, Pelaipe afirmou que cobraria atitude dos jogadores e do técnico. "A vitória foi injusta. O adversário se entregou, teve garra, e nossa equipe achou que poderia ganhar a qualquer momento. Vamos conversar internamente, tínhamos que ter outra dinâmica", avisou.

Mancini deixa o Grêmio com apenas seis partidas oficiais realizadas. E o retrospecto é amplamente positivo: quatro vitórias e dois empates, o que dá um aproveitamento de 77,7%

O antigo treinador tinha como principal título no currículo a Copa do Brasil - conquistada em 2005 quando Mancini comandava o Paulista. E é essa competição que a cúpula gremista prioriza neste semestre, por ser um atalho mais rápido para a Libertadores.

No Campeonato Gaúcho, o Grêmio ocupa o segundo lugar do grupo 1, com 11 pontos em cinco jogos, sendo superado somente pelo Esportivo, com 13. Os quatro primeiros obtém vaga para a próxima fase.

A diretoria do Grêmio promete anunciar o nome do substituto nos próximos dias. O nome de Celso Roth - que comandou o Vasco no Brasileirão-2007 e já tem passagem pelo clube - ganha força nos bastidores.

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2008/02/14/ult59u146364.jhtm

Anônimo disse...

Vagner Mancini volta a afirmar que foi demitido do Grêmio devido a atritos com a direção

Extraído de: Finalsports.com.br Abril 14, 2009


Atualmente no comando do Santos, o técnico Vagner Mancini voltou a falar dos motivos que o fizeram sair do Grêmio no início do ano passado. Em entrevista ao programa Bem Amigos, do canal Sportv, o treinador foi claro ao afirmar que teve atritos com a direção, devido ao envolvimento de alguns dirigentes em seu trabalho dentro de campo. Na ocasião, o Tricolor tinha Paulo Pelaipe como assessor de futebol e o clube era presidido por Paulo Odone.

Não me foi dito que eu não tinha o perfil do Grêmio. Eu sai porque tive atritos com um dirigente do clube, que queria que a coisa saísse da maneira dele. Houve o atrito e ocorreu a demissão. O que me revoltava era o jeito que a coisa funcionava, declarou Mancini.

http://www.espbr.com/noticias/vagner-mancini-volta-afirmar-foi-demitido-gremio-devido-atritos-direcao

Anônimo disse...

se mostrou um bom reserva naquela campanha, jogador de grupo...

Anônimo disse...

como treinador, muito ofensivo p/nossos padroes

Anônimo disse...

muuuuuuuuito ruim como jogador aqui, destoava do resto do grupo, mesmo com o time em grande momento... virou personagem folclórico da torcida

até quando marcou gol e ia se consagrar o juiz anotou pro Jardel na súmula hahahaha

Como treinador, no comments.

Anônimo disse...

como jogador eu nao sei, mas como treinador dizem q jogava muito quando partivipava dos treinos com os jogadores...

fez uma boa campanha no vitoria um tempo depois de sair do gremio, nao sei por ode anda agora (acho q estava treinando o vasco), mas como falaram, era muito ofensivo pros nossos padroes

Anônimo disse...

COMANDAVA O BANGUZINHO .

Anônimo disse...

horrivel...pessimo

Álvaro disse...

Chegou como titular em 1995. Só pegou o Banguzinho

Rodrigo disse...

Era bruxo do Felipão... sempre entrava no segundo tempo. Lembro que me dava calafrios na arquibancada, o time piorava de tal maneira...
Mt ruim msm