sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Adilson Baptista


15 comentários:

Anônimo disse...

CAPITAO AMERICA!!

Anônimo disse...

Grande Zagueiro!

Capitao America!

Campeao da Libertadores!

Jair Bernardes disse...

Grande capitão. pgava muito, e orientava o time.
Se machucou em 95, após a libertadores, e todos diziam que não poderia jogar o mundial.
treinou muito, se cuidou e foi ao japão, onde jogou muito bem e converteu seu penalti.
Andava pilchado pelo olímpico, e dizia que futebol era coisa pra macho, e quem não gostasse de porrada deveria jogar peteca.

karolina disse...

sou mais o De Léon (H)

Allan disse...

Capitão América! Baita dupla de zaga com o Rivarola.

Anônimo disse...

andava pilchado mesmo? bah! entao tem q voltar pra treinar o gremio!

tamo precisando de uma pegada gaucha nesse time!

araken medeiros disse...

ele tem a cara do gremio.um idolo com certeza um dia vai treinar o gremio e ser campeao mais algumas vezes aqui.

Anônimo disse...

CAPITAO AMERICA!!!

Anônimo disse...

Adilson Dias Batista ou somente Adilson Batista (Adrianópolis, 16 de março de 1968), é um treinador e ex-futebolista brasileiro.


Carreira

Jogador
Adilson atuava como zagueiro. Sua condição técnica permitiu que fosse um jogador de alto nível mesmo sofrendo duas lesões graves ao longo de sua carreira. Era um líder nato.

Jogou em grandes times do Brasil, como Grêmio, onde foi campeão da libertadores, e Cruzeiro onde foi ídolo da torcida e atualmente e o treinador da equipe à três temporadas seguidas.

Ao abandonar a carreira de jogador em 2000, quando atuava pelo Corinthians, decidiu tornar-se treinador.

Treinador
Como treinador, Adilson tem como principal característica a organização tática de seus times.

Na temporada 2008 assinou contrato com o Cruzeiro Esporte Clube, onde conquistou o Campeonato Mineiro, seu terceiro título estadual como técnico e conseguiu uma vaga para a Copa Libertadores da América 2009 com o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro.

No dia 27 de maio de 2009, na vitória do Cruzeiro sobre o São Paulo por 2x1,e também a vitoria na casa do São Paulo no dia 18 de Junho por 2 a 0. Adilson se tornou tornou o treinador mais vitorioso do clube na competição continental. São 12 triunfos ao todo.

Adilson ultrapassou a marca de 11 vitórias de Zezé Moreira, que conduziu o time celeste ao seu primeiro título das Américas, em 1976. Além disso, o atual técnico é o único a comandar o Cruzeiro em duas edições da Libertadores, das 11 em que o clube competiu.

Adílson muito criticado pela imprensa e pelos torcedores por ser considerado um "inventor" graças a seu estilo inovador, tendo sido um dos primeiros treinadores a adotar o sistema com 3 volantes atuando no meio-campo em clubes brasileiros vem conquistando seu espaço no cenário de futebol como treinador, tendo sido no passado um zagueiro incontestável.Tem também como suas grandes invenções jogadores desconhecidos como Marquinhos Paraná, Henrique e Leonardo Silva, hoje considerados unanimidades no Cruzeiro, seu clube atual.Adílson conduziu também o Cruzeiro por todo o mata-mata da Libertadores 2009, chegando até a fase final e se colocando definitivamente como um dos treinadores mais valiosos do futebol brasileiro.

Marcado pelo seu ímpeto em vencer e por ser de poucas palavras e muito trabalho tem a frase "vamos aguardar" como um xavão.Passa em 2009 seu até então melhor momento como treinador e tem rendido com seus resultados inclusive a imprensa mineira, tão dura com ele em momentos passados.

No dia 23 de novembro de 2009, acertou mais um ano de contrato com o Cruzeiro, quebrando uma tradição no futebol nacional, sendo que os técnicos duram pouco tempo em seus cargos, e Adilson está indo para seu terceiro ano consecutivo à frente do Cruzeiro Esporte Clube.

No dia 06 de dezembro de 2009, após ganhar do Santos por um placar de 2 a 1, jogando com um jogador a menos e com quatro zagueiros, Adilson consegui a classificação do Cruzeiro para a Copa Libertadores da América em 2010, beneficiado pelo resultado do jogo entre Botafogo e Palmeiras, quando o Botafogo ganhou também pelo placar de 2 a 1, e o Cruzeiro ficou à frente do Palmeiras no número de vitórias, 18 a 17.

Hoje, Adílson Batista é considerado o melhor treinador da nova geração, superando nomes como Ney Franco, Mano Menezes e Dorival Junior

Anônimo disse...

Títulos

Como jogador
Atlético/PR
Campeonato Paranaense: 1988

Cruzeiro
Campeonato Mineiro: 1990, 1992
Supercopa Libertadores: 1991, 1992

Grêmio
Campeonato Gaúcho: 1995, 1996
Copa Libertadores da América: 1995
Campeonato Brasileiro: 1996
Recopa Sul-Americana: 1996

Júbilo Iwata
Supercopa da Ásia: 1998, 1999

Corinthians
Campeonato Mundial de Clubes: 2000


Como treinador
América/RN
Campeonato Potiguar: 2002

Figueirense
Campeonato Catarinense: 2006

Cruzeiro
Campeonato Mineiro: 2008, 2009
Torneio de Verão no Uruguai: 2009


Prêmios
Como jogador
Bola de Prata da Revista Placar: 1990, 1996

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ad%C3%ADlson_Dias_Batista

Anônimo disse...

CAPITAO AMERICA!

Anônimo disse...

* BATISTA

Anônimo disse...

um dos maiores zagueiros que vi jogar

Anônimo disse...

O CAPITÃO AMERICA,AINDA QERO VER ELE TREINANDO O TRICOLOR D NOVO,,,ADILSON VC VAI TORCER PRO INTER NO FINAL DO MUNDIAL?RESPOSTA DO ADILSÃO:-"SIM VOU TORCER PRO INTER...VOU TORCER PRO INTER PERDER "HEHEH

Gilney Marques disse...

Foi um dos melhores zagueiros q vi jogar, hj em dia como técnico quero ele longe do grêmio.