quinta-feira, 1 de outubro de 2009

China

14 comentários:

Anônimo disse...

Henrique Valmir da Conceição, mais conhecido como China, (13 de setembro de 1959) é um ex-futebolista brasileiro que jogava como volante. Atualmente, é treinador do Cascavel.

Carreira
Começou a jogar no 14 de Julho depois vou para a Chapecoense. Foi ídolo do Grêmio, fez parte da equipe que conquistou os títulos do Campeonato Gaúcho (1980), Campeonato Brasileiro (1981), Copa Libertadores (1983) e Mundial de Clubes (1983). Jogou também no Vasco da Gama em 1984, Noroeste em 1988 no Beira-Mar de 1990 a 1992 passou também pelo Leixões de 1992 a 1994 e no Passo Fundo.

Títulos

Chapecoense

Taça Santa Catarina: 1979
Grêmio

Mundial Interclubes: 1983
Copa Libertadores da América: 1983
Campeonato Brasileiro: 1981
Campeonato Gaúcho: 1979, 1980, 1985, 1986, 1987

Anônimo disse...

grande campeao.

araken medeiros disse...

valeu campeao

Anônimo disse...

Futuro treinador!

Anônimo disse...

QUE FIM LEVOU?

China
Ex-volante do Gremio


Bom volante do Grêmio nos anos 80, Henrique Valmir da Conceição, o China, trabalha como técnico de futebol. Esteve no 7 de Setembro, time de Dourados (MS), antes de chegar em 2008 ao 14 de Julho de Santana do Livramento para a disputa do Campeonato Gaúcho da segunda divisão. Tem residência fixa em Tramandaí (RS), é casado e tem seis filhos.

O aguerrido meio-campista foi um dos heróis gresmitas na conquista da LIbertadores e do Mundial Interclubes de 1983. Ele jogou no Tricolor Gaúcho ao lado de Mazarópi, Paulo ROberto, Baidek, De Léon, Paulo César Magalhães, Casemiro, Oswaldo, Tita, Paulo César Caju, Renato Gaúcho, Caio, Mário Sérgio, entre outros.

Além do Grêmio, China também defendeu o Vasco da Gama, o Sport Recife e times do futebol português.

Fonte: http://terceirotempo.ig.com.br/quefimlevou_interna.php?id=1669&sessao=f

Artur disse...

Pegou o grande time de 83. Teve o seu valor , mas é aquela história, jogando com Mazarópi, De Léon, Oswaldo, Tita, Paulo César Caju, Renato Gaúcho, Caio, Mário Sérgio e outros até Thiego viraria craque.
Era quebrador de bola e péssimo na saída de jogo. Valeu pela raça e amor à camisa.

sandro alécio disse...

Discordando em parte do amigo aí de cima, China era péssimo na saída do jogo, se comparado ao João Antonio, que surgiu na época e ao Andrade, do Flamengo. Mas, fazia sim, seus lançamentos para Tarciso (notadamente, em 1981). Comparado aos volantes que temos hoje, ele daria um show. Chegou, inclusive, à seleção brasileira. Não era craque, longe disso. Mas, comparado às porqueiras que temos hoje, seria titular com um pé nas costas.

sandro alécio disse...

Complementando: tinha também um chute forte. Marcou um gol decisivo contra um time da Bolívia, em 1983. O time era fraco, mas, o jogo estava complicado, por causa da altitude.

Anônimo disse...

grande professor china um grande jogador onde nao pode velo jogar mas foi meu treinador.mas sumiu onde anda esse treinador?? de francisco beltrao onde foi meu treinador. abraço professor.

Anônimo disse...

campeão da liberatores e mundial..........gremista doente..

Anônimo disse...

Era guria e assisti o Tricolor ser Campeão Mundial em Tóquio, aprendi a respeitar os heróis dessa façanha, como tal o China que agora nos prestigia vindo residir em Cachoeirinha-RS.

Anônimo disse...

De 70 para cá foi o volante mais raçudo do olímpico, que já teve Batista, Dinho, etc...

Anônimo disse...

é o pai do chaves.

Alex disse...

valeuu china...