segunda-feira, 15 de março de 2010

Luís Carlos Winck

Foto enviada por Tiago Lewczynski

11 comentários:

Anônimo disse...

baita lateral direito.

irmão do Sérgio Winck.

Hoje é treinador.

Anônimo disse...

Sobrinho de Luís Carlos Winck troca Grêmio pelo Inter

16/04/2010

Meia de 16 assinará seu primeiro contrato profissional


Depois do atacante Alex Sandro, 18 anos, e o volante Lucas Severo, 14, que trocaram o Grêmio pelo Inter, agora o meia Cláudio Winck, filho de Sérgio e sobrinho de Luís Carlos Winck, segue o mesmo caminho. Nos próximos dias, o meia de 16 anos assinará o seu primeiro contrato profissional com o Inter. Será companheiro de Diego, filho de Assis e sobrinho de Ronaldinho.

Luís Carlos Winck foi um lateral-direito e meio-campista que defendeu o Inter durante oito anos na década de 1980. Teve uma rápida passagem pelo Grêmio, além de vários outros times do país, como Vasco, Flamengo, Corinthians e Atlético-MG. Ganhou medalha de prata com a seleção brasileira olímpica em 1984 e 1988.

Atualmente, é técnico de futebol e trabalha no São Raimundo, de Manaus. Já passou por outros clubes do Norte/Nordeste, como Sampaio Corrêa-MA e River-PI, além do Cianorte-PR.

Cláudio Winck, irmão do lateral, também é ex-jogador e agora trabalha como empresário de futebol. É procurador do zagueiro Ediglê, ex-Inter. Cláudio, seu filho, completou 16 anos ontem. Foi destaque do Grêmio no último torneio Efipan, em janeiro.

http://www.clicrbs.com.br/esportes/rs/noticias/default,2874593,Sobrinho-de-Winck-troca-Gremio-pelo-Inter.html

Anônimo disse...

*Sérgio Winck, irmão do lateral, também é ex-jogador e agora trabalha como empresário de futebol.

Anônimo disse...

CORREÇÃO:

*Sérgio Winck, irmão do lateral, também é ex-jogador e agora trabalha como empresário de futebol.

Anônimo disse...

campeao gaucho 1993

Pedro Rafael Marques disse...

O famoso Lilica (quando jogava no Inter), que tremia em Grenais contra o Jorge Veras, foi um lateral de grande qualidade no Olímpico. Pena que jogou só o primeiro semestre de 93.

Anônimo disse...

colorado

Anônimo disse...

não jogava nada, só enganava...no gremio, forçou barra pra ir embora antes do fim do contrato

Anônimo disse...

Jogou até os 30 só. Foi pro Corinthians em 94, Botafogo e Flamengo em 95, já com 33 anos. Teve passagem pífia nos 3 clubes.

Banana Craft disse...

Tive a honra,de conhecê-lo pessoalmente.Hoje somos grandes amigos.Ser humano maravilhoso.Melhor lateral direito do país,nos anos 80.Aonde ele estiver,que DEUS o abençoe imensamente,pois ele merece.Pessoa do bem.

nina cabral disse...

Era bom jogador, mas se achava a ultima coca cola geladinha. A propria definicao da palavra Mascarado. Isso desde os juniores do Inter. Nas entrevistas mostrava inteligencia quase mediana. Nunca o ouvi dizer algo interessante...
Desculpem fans do Winck, mas a verdade deve ser postada.