terça-feira, 23 de junho de 2009

Paulinho


12 comentários:

Anônimo disse...

Joga muito! E era bem violento hehe

Inexplicavelmente foi dispensado.. e quem assumiu a vaga de volante no time titular foi o diogo (coisas do burroth)!?

Agora ta la no Vasco, tomara q volte um dia.

Anônimo disse...

dizem q era pra ser o novo dinho, tambem nao sei como mandaram ele embora!!!!

(video do youtube com materia do globoesporte sobre o titulo) disse...

capitao do primeiro time do Gremio campeao brasileiro sub-20 em 2008

Anônimo disse...

Grande capitao, era um meia habilidoso mas foi improvisado como primeiro volante no Campeonato Brasileiro sub20, acho q daria um grande segundo volante.

Parece q tinha uma clausula no contrato dele q se nao fosse aproveitado nos profissionais ele estaria liberado, preferiram dar chance pro Diogo no time titular e o resultado esta ai, eliminados do Gauchao e perdemos o Paulinho pro Vasco.

Anônimo disse...

"Nesta quinta, o clube acertou o empréstimo por um ano do volante do Figueirense Diogo, 22 anos, que será o substituto de Rafael Carioca. Pelo contrato, o Tricolor tem direito a preferência na compra de 50% dos direitos federativos ao preço de R$ 2 milhões.

Quando apareceu o nome do volante do Figueirense, não se esperava que ele viesse para substituir Rafael Carioca, vendido ao Spartak, de Moscou.

A idéia era de que apenas reforçasse o grupo para um ano especialmente conturbado, com Libertadores e Brasileirão. Mas não: Diogo, que terminou o ano bastante criticado pela torcida do Figueirense devido aos erros de passe, vem sendo observado pelo diretor-executivo Rodrigo Caetano há anos.

- Quando o Rafael saiu, o primeiro nome que lembramos foi o dele. Ele é combativo e tem chegada na frente também. Fez quatro gols no Brasileirão - revela o assessor de futebol André Krieger."

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Gremio/0,,MUL935590-9868,00-RAFAEL+MARQUES+DEVE+CHEGAR+NESTA+SEXTA+AO+GREMIO+PARA+ASSINAR+CONTRATO.html



So pode ser piada neh?? Rodrigo Caetano FDP, nos trouxe o "substituto do Rafael Carioca" antes de ir embora e levou o Paulinho (o verdadeiro substituto do Rafael) para o Vasco junto com ele...

E o Krieger imbecil ainda aceitou isso!!

Anônimo disse...

"Capitão do time sub-20, campeão brasileiro em dezembro, e apontado como grande promessa do time júnior do Grêmio, o volante Paulinho começou a temporada treinando com o grupo principal na pré-temporada realizada em Bento Gonçalves, mas acabou ficando fora dos planos e hoje, de volta ao Metropolitano, espera se transferir para um grande clube.

- Quero ir para algum lugar onde eu possa mostrar meu valor. Não adianta ir para um Real Madrid e não jogar - projeta Paulinho, que tenta se reeguer após ser dispensado pelo Grêmio.

Sobre sua saída do Olímpico, Paulinho conta que foi avisado da dispensa pelo técnico Celso Roth.

- Ele me chamou e disse para eu tirar férias e me apresentar com os juniores, em março. Foi um balde de água fria. Fiquei desmotivado no início, mas não tenho mágoa. Vou levantar a cabeça e treinar. Sei que tem coisa melhor pra mim pela frente - afirmou.

Mas a direção do Grêmio tem suas justificativas para liberar o jogador. Segundo o presidente, Duda Kroeff, o Metropolitano só aceitaria liberar Paulinho para o Grêmio caso ele fosse titular do time principal.

- Isso de exigir titularidade não existe. Segue a vida dele para outros lados. É uma pena, pois eu o considerava um bom jogador e acho que não vai ser bom nem para ele e nem para o Grêmio. Mas também não foi uma perda tão grande assim, pois ele ainda era uma promessa, nada mais do que isso - declarou."

http://www.goal.com/br/news/210/estaduais-2009/2009/02/11/1104540/gremio-explica-saida-de-jovem-promessa




Realmente, eh um absurdo testar um promissor jogador da base no lugar de "atletas tarimbados" como Diogo, Paulo Sergio (aconteceu a mesma coisa com o Mattioni) Nunes (Rafael Carioca pelo menos teve uma chance e agarrou com unhas e dentes), etc.

Direçao amadora eh foda!!

Anônimo disse...

Vcs tão de brincadeira.
Esse louco não joga nada, bate o tempo todo (o que até é uma coisa boa).
Mas era muito ruim e queria garantia de titularidade no time. Lógico que não.
Hoje tá no timão do vasco, reserva, de vez enquando aparece no banco, anda jogando até na lateral qdo todos os outros 5 estão fora.

Gabriel Rodrigues disse...

Jogou uns dois jogos nesse ano pelo Vasco, até q não é mal jogador.

édson disse...

Acho que o Paulinho teria um ótimo futuro no Grêmio.

Anônimo disse...

Alguem sabe por onde anda o Paulinho? Acho q ele nao ta mais no Vasco...

Anônimo disse...

Jogadores vivem o terremoto no Japão

11 de março de 2011

O assunto da sexta-feira no mundo, claro, é o terremoto que devastou áreas do Japão. Até o esporte, claro, é afetado. Mais cedo, o blog conversou com três ex-jogadores do Metropolitano que atual no futebol japonês e que viveram na pele o terror do maior tremor da história daquele país, tão acostumado aos terremotos.

O volante Paulinho, blumenauense revelado pelo Metropolitano com passagens por Grêmio e Vasco, foi quem respondeu ao contato. Junto com ele, no Tochigui, atuam os atacantes Ricardo Lobo e o argentino Mariano Trípodi, ambos com passagens pelo time blumenauense em 2010.

Paulinho respondeu por e-mail, uma das poucas formas de dar notícias ao resto do mundo por enquanto. E mandou fotos do instante do tremor no Aeroporto de Haneda, em Tóquio. O time aguardava o embarque para Tosu, no Sul do país, onde jogariam pela segunda rodada do campeonato nacional.

Onde vocês estavam no instante em que a terra tremeu e qual a situação atual?

Paulinho: Graças a Deus tá tudo bem conosco, o tremor em Tóquio, onde estávamos, foi muito forte, o aeroporto tremeu muito, mas eles na medida do possível estão preparados pra lidar com isso. É impressionante, uma estrutura como um aeroporto tremer como tremeu e não caiu sequer uma lâmpada! Foi isso o que eu presenciei na hora. Ainda não tenho condição de dizer exatamente como está lá fora, só sei pelo que vejo pela TV, estamos presos aqui pois transportes coletivos (trem, onibus) estão parados e voos foram cancelados. No mais esta tudo bem, estamos no aguardo para voltar para nossa cidade, Utsunomiya (do blogueiro: capital da provincia de Tochigui, que tem o mesmo nome do clube, na região central do Japão, a 127 quilômetros de Tóquio e a 242 km de Sendai, epicentro da tragédia). O tsunami não chegou perto de onde estamos, foi forte em outras áreas litorâneas. Para nós foi só o susto, vida que segue.

Vocês já conseguiram falar com os familiares aí no Japão?

Paulinho: A comunicação aqui está muito ruim, o sinal de celular está muito inconstante. Na medida do possível já avisamos aos familiares que estamos bem, e aos poucos quem consegue faz o mesmo.

Quando chegaram ao Japão receberam orientações sobre terremotos? Participaram de simulações?

Paulinho: Todos aqui são instruídos e sabem exatamente o que fazer no momento de um terremoto. Claro que é difícil impedir o pânico e a gritaria, mas os japoneses são muito organizados e centrados, dificilmente perdem a calma. Chega a ser até impressionante para nós, latinos.

http://wp.clicrbs.com.br/braga/2011/03/11/jogadores-falam-sobre-terremoto-no-japao/?topo=52,2,18,,159,e159

Anônimo disse...

sumiu..